Trocar de operadora | Veja o que você precisa fazer para mudar

Está pensando em economizar dinheiro nas contas de celular, internet, TV ou telefone, e trocar de operadora é uma opção para você?

Quer saber mais detalhes sobre como realizar esse procedimento com consciência e sem dor de cabeça? Esse conteúdo é ideal para sanar suas principais dúvidas.

Trocar de operadora pode parecer um processo muito simples. E, de fato, é, já que existem leis que garantem diversos direitos ao consumidor.

Entretanto, existem algumas dicas e sugestões que podem deixar esse processo ainda mais simples.

Quer saber como? Continue lendo esse post até o final!

Antes de mais nada, se você está pensando em trocar de operadora com o intuito de aproveitar os planos e promoções, que tal acessar o nosso comparador de planos e descobrir qual o melhor serviço para você e sua família?

Além do comparador de planos de celular, o Melhor Escolha também oferece comparadores de telefone fixo, TV por assinatura e internet fixa.

 

Veja sobre quais assuntos abordaremos nesse post:

  • Porque trocar de operadora?
  • Como trocar de operadora de celular?
  • O que devo fazer se encontrar um plano que se adeque às minhas necessidades na operadora em que estou?
  • Como faço para trocar de operadora de telefone fixo?
  • O que saber antes de trocar de operadora de internet ou TV por assinatura?
  • Tive problemas ao trocar de operadora. Como reclamar?

 

 

Porque trocar de operadora?

Se você chegou aqui com a certeza de que quer trocar de operadora, acredite, você não é o único.

De acordo com a NZN Intelligence, a plataforma de inteligência e pesquisa da NZN, 43% dos brasileiros pensam em trocar de operadora nos serviços de telecomunicações.

O levantamento foi feito por meio da internet. A principal questão abordada era a satisfação com a prestadora de serviços telefônicos.

Dentre os principais fatores que motivam as pessoas a fazer a troca de operadora, estão a insatisfação dos valores pelo serviço prestado, o mau atendimento, a cobertura limitada e instabilidade do serviço.

Seja para deixar de usar os serviços de uma empresa de telecomunicações, bem como contratar uma nova operadora, o principal fator será, na maioria das vezes, o preço.

Quanto maior o custo benefício, mais chances você terá de contratar um certo produto, como por exemplo os aplicativos de celulares ilimitados, degustação de pacotes de canais à la carte e diversos outros benefícios.

 

 

Como trocar de operadora com a portabilidade de número?

A maneira mais fácil e rápida de trocar de operadora é por meio da portabilidade.

Se ainda não conhece, este é um serviço permitido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para você continuar com o seu número de telefone ao trocar de operadora com o mesmo DDD (para celular) ou município (para telefone fixo).

Dessa forma, você aproveita os benefícios da nova prestadora de serviço sem que haja a troca de número.

Fizemos um post aqui no Melhor Escolha, explicando mais detalhes sobre como fazer a portabilidade para as operadoras:

 Portabilidade Vivo, Portabilidade Claro, Portabilidade TIM, Portabilidade Nextel e Portabilidade Oi.

 

Entenda

De qualquer forma, explicaremos resumidamente como é feito todo o processo de migração passo-a-passo:

  • Antes de mais nada, acesse o nosso comparador de planos e escolha qual o serviço você mais se identificou e deseja contratar.
  • Se a migração for para um plano pré-pago, será necessário comprar um chip da nova operadora, para que seja feita a portabilidade do seu número para esse chip. 
  • Assim que tudo estiver pronto para a migração, entre em contato com a nova prestadora de serviço (seja por meio de ligação ou autoatendimento online) e informe o desejo de trocar de operadora.
  • Em seguida, informe seus dados pessoais, bem como o número do celular e a operadora que deseja sair.
  • Agora se você for migrar para um plano pós e controle, faça seu pedido pela internet e receba em casa o novo chip pelos correios. A portabilidade pode ser agenda no momento do pedido.
  • Antes de migrar, verifique se não há pendências com a operadora atual (contas atrasadas, multas de rescisão de contrato e afins). Caso tenha, é importante quitar tudo para que não haja imprevistos futuros.
  • Possivelmente, nesse momento, você receberá o número do protocolo do atendimento. É muito importante que ele seja anotado e usado caso algum imprevisto aconteça.
  • Logo após todo o processo de migração de operadora, o serviço tem um prazo de até três dias para que seja concluído. Enquanto isso, sua linha ficará suspensa, pois o chip da sua nova operadora ainda não estará ativo com o seu número.

 

VEJA: TV fora do ar | Aprenda a resolver este problema e volte a assistir

 

 

O que devo fazer se encontrar um plano que se adeque às minhas necessidades na operadora em que estou?

Se antes de trocar de operadora, você foi pesquisar e achou um plano interessante para você na sua operadora atual, não se preocupe.

Você tem direito a todas as promoções.

Desde 2014 clientes antigos também tem direito a promoções novas!

Entre em contato com a sua operadora e peça para migrar de plano.

Se você ainda estiver dentro dos 12 meses de fidelidade, você só conseguirá migrar para um plano mais caro sem ter que pagar a multa.

Pois é, para planos mais caros as operadoras costumam abrir mão da taxa de cancelamento, enquanto que para planos mais baratos o mesmo não acontece.

Lembre-se que ao mudar de plano começará a valer um novo contrato de fidelidade.

 

 

Como faço para trocar de operadora de telefone fixo?

Além da portabilidade de um número de telefone celular, também é possível trocar de operadora com seu número fixo. Essa é uma facilidade que está disponível desde 2009, porém muitos sequer sabem disso.

Então, se você quer trocar de operadora por meio da portabilidade do seu telefone, veja abaixo algumas informações sobre esse processo.

Infelizmente, só é possível migrar de uma linha telefônica de uma determinada operadora para outra na mesma cidade.

 

Mudar de operadora de telefone fixo

Para trocar de operadora, também não é um bicho de sete cabeças. Entretanto, oé importante estar atento a alguns processos.

Veja o que você precisará para trocar de operadora:

  • Dados importantes do titular da linha, como no RG, CPF em caso de pessoa física ou CNPJ para pessoa jurídica.
  • Além do número do telefone atual e operadora correspondente a ele.

O número só poderá ser portado para o mesmo CPF. Ou seja, você pode mudar de operadora desde que o novo plano esteja vinculado no mesmo CPF.

Caso você queira mudar o CPF do titular da linha, você deve primeiro fazer a troca para a nova operadora no mesmo CPF e depois solicitar a alteração de titularidade.

São processos separados.

 

 

Antes de trocar de operadora de internet ou TV, leia essa dica

A coisa mais importante que você precisa saber é:

Nunca cancele seu plano antes de ter o novo plano instalado!

Quando fazemos um pedido de um novo plano de internet ou TV por assinatura o mesmo passa por diversas etapas de aprovação.

A primeira delas é a etapa de crédito.

Na sequência vem a checagem de cobertura.

Se seu pedido for aprovado no crédito e na checagem de cobertura, a próxima fase será a de viabilidade técnica no local.

Somente no momento da instalação é que o técnico da operadora saberá com certeza se o pedido poderá ser instalado com sucesso.

Se você cancelar seu plano atual assim que fizer um novo pedido em outra operadora, pode ser que este novo pedido não seja aprovado ou que no momento da instalação seu endereço não tenha viabilidade.

Se isso acontecer, você ficará sem internet ou TV por um período razoável.

Por isso nossa dica é para que você aguarde até que o novo plano esteja instalado e funcionando perfeitamente para que você faça o cancelamento.

Se o cancelamento for feito por telefone a operadora precisa interromper o serviço no mesmo dia. Caso você opte pelo cancelamento pela internet, o processo pode levar até 2 dias úteis.

 

 

Teve problemas ao trocar de operadora. Saiba como reclamar?

Caso tenha tido problemas e deseje contatar a sua operadora por telefone ou aplicativo, veja quais os números da Central de Atendimento e os links do app de cada uma:

 

 

Caso o problema não seja resolvido e você queira comunicar à Anatel, saiba que existem algumas maneiras de fazer esse registro.

A entidade é vinculada ao Governo Federal e foi criada com o objetivo de melhorar o modelo de telecomunicações no Brasil, que caminha em passos lentos.

 

  • A primeira opção de contato é por meio da Central de Atendimento, pelo número da Anatel 1331.
  • A segunda forma é pelo aplicativo Anatel, ativo desde 2015. Por ele, o consumidor pode registrar suas reclamações sobre as operadoras de celular e TV. O app é gratuito e disponível para sistemas Windows Phone, iOS e Android.

 

Para quem ainda não sabe, a Anatel é uma Agência Nacional de Telecomunicações que regulamenta de forma independente todas as reivindicações de serviços realizados pelas operadoras de telefonia e TV por assinatura.

Ou seja, é ela quem supervisiona o que as empresas vendem, tanto de serviços de celular, internet e telefone fixo quanto serviços de TV por assinatura.

 

CONTEÚDO RELACIONADO: Reclamação na Anatel | Saiba como abrir uma reclamação formal

 

_______________________

Esperamos que tenha se informado melhor sobre os processos de troca de operadora dos serviços de telefonia móvel e fixo. Agora aproveite para escolher sua nova operadora em nosso comparador de planos!

Qualquer dúvida ou sugestão, deixe nos comentários, que responderemos o mais breve possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *