Melhor Internet Banda Larga do Brasil | Ranking das operadoras

Quando começamos a pensar em contratar algum pacote de internet, sempre nos deparamos com a pergunta que não quer calar: afinal, qual a melhor internet banda larga?

Se você também está se fazendo essa pergunta, saiba que muito provavelmente não é o único a querer saber esse tipo de informação.

Por esse motivo, o Melhor Escolha resolveu te ajudar com algumas informações de pesquisas engajadas e relevantes, para que sua opção seja a melhor de acordo com suas necessidades e disponibilidade local.

Quer saber mais sobre o que estamos falando? Continue lendo esse post até o final!

 

Se você está procurando um plano de internet banda larga para a sua casa, não deixe de visitar o nosso comparador de preços e planos. Veja as ofertas disponíveis na sua cidade e compare os benefícios antes de assinar um plano!

 

Melhor Internet Banda Larga no Brasil

E não poderíamos falar sobre a qualidade da internet brasileira, sem antes contextualizar a situação, já que uma circunstância desencadeia diversas outras, não é mesmo?!?

 

Velocidade Internet Fixa

No último relatório divulgado pela Akamai, consultoria que mede a velocidade da internet no mundo, o Brasil está na posição de número 66 no ranking mundial de velocidade média de internet banda larga.

Apesar do posicionamento do Brasil não estar entre os top 50 melhores, dados recentes da Anatel de julho de 2019 mostram que apenas 28% da população brasileira ainda tem planos de internet residencial com velocidades de até 12 Mega.

Só para você ter uma ideia, o nível médio mundial de velocidade de internet está em mais de 5 mega. Ou seja, o Brasil está acima da média mundial.

É claro que é importante ressaltar aqui que essa é uma média de velocidade. No Brasil, por exemplo, temos um nível de oscilação muito grande. Algumas regiões são bem servidas de internet e outras nem tanto.

Os números melhoraram muito!

Segundo a Akamai, em 2015 eram apenas 0.5% das conexões de internet residencial no Brasil com velocidades superiores a 15 Mega.

Lembrando que a Anatel exige que as operadoras entreguem a velocidade mínima da internet de 80% do contratado na média mensal.

 

Fibra

Para se ter ideia, hoje já temos 24% dos acessos de planos de internet residencial feitos via fibra ótica. Sendo que a internet residencial por fibra ótica é a conexão de internet fixa mais rápida que existe atualmente.

Internet a cabo corresponde a 31% das conexões e 45% dos planos de internet na casa dos brasileiros ainda são via cabo de telefone – tecnologia xDSL.

O fato é que a concorrência faz com que o usuário tenha mais possibilidade de escolha e, consequentemente, uma melhor internet banda larga em sua casa.

Os clientes, com a falta (ou pouca quantidade) de operadoras que oferecem uma boa internet, acabam ficando com aquela que chega até a sua casa.

Ficou confuso com alguma informação sobre a média de velocidade? Fique tranquilo pois, separamos um post explicando melhor sobre Giga, Mega, Kbps e Mbps.

 

Cobertura Internet Fixa

A grande vilã da nossa velocidade de conexão infelizmente ainda é a estrutura.

A grande maioria das capitais já tem uma infraestrutura de fibra ótica. Entretanto, as demais regiões como ainda passam longe dessa realidade.

Infelizmente, apenas 46% dos lares no Brasil têm acesso a planos de internet banda larga fixa em suas casas.

Enquanto que na região Sudeste esse número chega a 60%, no Norte e Nordeste a penetração fica por volta de 20%.

A boa notícia é que estamos evoluindo. Ufa!

No último ano, o Brasil registrou quase 1,5 milhão (+4,64%) de novos contratos de internet banda larga fixa, sendo que provedores regionais são os que mais trazem crescimento para este número.

Lembrando que, de acordo com o regulamento estabelecido pela Anatel, toda empresa que disponibiliza internet aos seus clientes precisa entregar, no mínimo, 80% da velocidade média contratada. Esse também é um conteúdo que pode ser aprofundado em um artigo que escrevemos sobre a velocidade mínima da internet.

 

Preço Internet Residencial

Além da falta de cobertura, um outro fator que dificulta o acesso são os altos preços.

Planos de internet com velocidades superiores a 15 Mega, dependo da região, podem custar R$ 100,00 por mês.

Capitais mais desenvolvidas e com grande concorrência, como São Paulo, oferecem a vantagem de planos mais rápidos e mais baratos.

É possível adquirir planos de internet banda larga de 50 Mega por menos de R$ 100,00.

Aliás, também temos um conteúdo explicativo, com detalhes sobre serviços e planos de internet para empresa. Sabemos que as necessidades de uma empresa ao contratar algum plano de internet é bem diferente das necessidades residenciais. E é por isso que esse conteúdo pode te ajudar a esclarecer algumas dúvidas.

 

Melhor Internet Banda Larga

 

Qual a Melhor Internet Banda Larga?

Eleger a melhor internet banda larga no Brasil depende de muitos fatores, como qualidade do sinal, atendimento, preço e benefícios para assinantes.

Todos os anos, a Anatel publica um relatório com a avaliação da qualidade dos serviços das maiores operadoras do Brasil.

A pesquisa avalia os maiores provedores de internet fixa em território nacional. Informaremos mais detalhes sobre ela no decorrer do post.

Na avaliação de satisfação geral, as operadoras regionais foram os grandes destaques.

Em primeiro lugar absoluto temos a Copel Telecom do Paraná. A única entre as operadoras avaliadas a ter nota geral acima de 8, a Copel ficou com 8,35.

Enquanto isso, gigante no Nordeste, a internet da Brisanet ficou em segundo alugar com nota geral de 7,89.

Outros dois provadores locais ficaram com o terceiro e quarto lugar no ranking da pesquisa. A Unifique de Santa Catarina,  ficou em terceiro lugar no ranking com 7,64 e a Cabo Telecom do Nordeste com 7,45 em quarto.

A TIM Live, que atualmente atua com fibra em 4 Estados Brasileiros, ficou em quinto lugar com 7,24.

Outras 3 operadoras regionais tiveram destaque ocupando a sexta, sétima e oitava posição no ranking. São elas respectivamente: Multiplay (7,17), Algar (6.99) e Sercomtel (6,83).

Na sequência temos a internet NET Vírtua (6,62) e Vivo Internet (6,48).

Lembrando que para a Vivo a nota é uma combinação de usuários de Vivo Fibra e Vivo Internet Fixa, a antiga Vivo Speedy (por cabo e xDSL). Ou seja, são conexões com entregas bem diferentes de velocidade.

A internet da Oi ficou em décimo segundo lugar na pesquisa de internet banda larga fixa com nota 5,88 (aqui não conta ainda Oi Fibra que está chegando em muitos locais), seguida pela SKY Banda Larga, sexta colocada com a nota de 5,87.

A internet via satélite da Hughesnet também entrou nessa pesquisa da Anatel e teve nota de 6,19.

Notas de satisfação geral Brasil

Operadora Nota Geral
Copel 7,89
Brisanet 7,89
Unifique 7,64
Cabo 7,45
TIM 7,24
Multiplay 7,17
Algar 6,89
Sercomtel 6,83
NET 6,62
Vivo 6,48
Hughes 6,19
Oi 5,88
SKY 5,87

 

Melhor Internet Banda Larga por Estado

A pesquisa de qualidade da Anatel considera vários quesitos. Elegemos aqui 2 deles que acreditamos ser os mais relevantes para mostrar qual a melhor internet banda larga.

Satisfação Geral: que mostra o quanto uma pessoa está feliz com a operadora e Capacidade de Manter a Conexão sem Quedas, afinal internet caindo é o grande pesadelo de qualquer internauta.

 

Estado Melhor Internet fixa em Satisfação Geral
AC NET
AL VIVO e NET
AM NET, SKY e OI
AP OI
BA NET e VIVO
CE BRISANET
DF VIVO e NET
ES NET, VIVO e OI
GO VIVO e NET
MA NET
MG ALGAR, NET E VIVO
MS NET e VIVO
MT NET e VIVO
PA NET
PB VIVO
PE NET e VIVO
PI NET
PR COPEL
RJ VIVO, TIM e NET
RN BRISANET
RO NET
RR OI
RS NET, VIVO e OI
SC UNIFIQUE
SE NET e VIVO
SP TIM
TO NET

 

Entenda mais sobre os resultados da pesquisa

Como forma de registro comparativo, anualmente existe uma pesquisa de satisfação e qualidade percebida. Esses dados que apresentaremos aqui foram coletados pelo Ibope e divulgada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

A pesquisa realizada foi de caráter quantitativo, o que significa que ela teve o intuito de chegar a resultados que pudessem ser quantificados.

Sendo assim, foram realizadas mais de 23 mil entrevistas telefônicas entre julho e novembro de 2018, com as seguintes operadoras como alvo: Algar Telecom, Brisanet, Cabo Telecom, Copel Telecom, HughesNet, Multiplay, NET, Oi, Sercomtel, SKY, TIM, Unifique e Vivo (somente em estados onde as operadoras têm mais de 10.000 cadastros ativos de pessoa física).

Como forma de avaliação das operadoras com relação à satisfação geral de seus clientes, atributos de oferta e contratação, funcionamento, cobrança, canais de atendimento, capacidade de resolução, reparo e instalação, foram utilizadas diversos questionamentos com atribuição de nota.

Nas perguntas feitas, havia uma escala que variava de 0 a 10, na qual 0 representa “totalmente insatisfeito/péssimo” e 10 significa “totalmente satisfeito/excelente”

No resultado geral, as respostas da amostra alcançaram 56% do público feminino, com uma idade média de 44 anos. Além disso, a grande maioria cursou até o ensino médio e obtém uma renda familiar mensal próxima a R$ 5.779,30.

Separamos alguns pontos relevantes que foram percebidos na pesquisa e que será útil para uma avaliação geral da qualidade da internet banda larga do Brasil.

 

Satisfação Geral

O primeiro indicador avaliado pelos clientes foi a satisfação, de modo geral. De acordo com o resultado da pesquisa de satisfação e qualidade percebida de 2018, considerando a experiência do usuário com a navegação na internet banda larga fixa, o Brasil teve uma média percentual de 6,43, enquanto em 2017 essa média foi 0,20 menor.

 

Oferta e Contratação

Já no quesito oferta e contratação, o indicador da média geral foi composto por duas notas: “facilidade de entendimento dos planos e serviços contratados” e o fato de “cumprir o que promete e divulga na publicidade”.

De acordo com esses dois quesitos, as médias gerais foram de 6,64 e 6,33, respectivamente.

De maneira segmentada, quem obteve a melhor média sobre cumprir o que promete e divulga em suas propagandas publicitárias, foi a Copel Telecom, com 8,65. Diferente da Oi que teve a menor pontuação, com 5,61.

 

Funcionamento

No indicador funcionamento, foram atribuídos três quesitos para pontuação, são eles: “disponibilidade da internet” com a média de 6,76 para melhor avaliação, “capacidade de manter a conexão sem quedas” com média de 6,20 e “velocidade de navegação”, com média de 6,21.

 

Canais de atendimento / Atendimento telefônico

Segundo as pesquisas, o atendimento telefônico continua a ser o canal de atendimento mais utilizado pelos clientes, ficando atrás somente do atendimento online.

Aliás você sabia que pode fazer o cancelamento pela internet do seu plano de banda larga, TV ou telefonia?

Nesse resultado da Anatel também estão descritas a porcentagem de usuários que declararam não utilizar nenhum dos canais disponíveis (12% das pessoas pesquisadas, para sermos mais exatos).

O atendimento via telefone e online, que segundo as pesquisas são os mais utilizados pelos usuários, apresentou o mesmo resultado.

O valor total do indicador “atendimento telefônico” é de 6,18, sendo ele composto pelos itens: “avaliação do tempo de espera para falar com uma atendente”, “necessidade de repetir a demanda” e a “capacidade dos atendentes para esclarecer dúvidas”.

Aliás, falando em canal de atendimento, conheça mais detalhes sobre os canais de atendimento das principais operadoras do Brasil. Meu TIM, Meu Vivo, Minha Claro, Minha Oi e Minha SKY.

 

Capacidade de resolução

O índice capacidade de resolução teve o intuito de registrar a pontuação média dos clientes que tiveram algum tipo de problema com os serviços e entraram em contato com a operadora. Dessa forma, a média foi de 6,02, o que significa 0,23 pontos a mais em relação a 2017.

De acordo com a pesquisa, cerca de 4 a cada 10 clientes entraram em contato com as operadoras por algum problema na cobrança e qualidade do serviço prestado.

Agora, já no quesito cancelamento de pacotes e serviços, 24% dos pesquisados já entraram em contato com suas respectivas operadoras para solicitar algum tipo de alteração.

Saiba mais informações sobre como registrar uma ocorrência no app da Anatel, em um conteúdo exclusivo aqui do Melhor Escolha, e não se deixe ser enganado pelas operadoras de telecomunicações.

 

Reparo e instalação

Um pouco mais de 1 em cada 10 usuários de internet fixa já entraram em contato com a operadora para solicitar uma instalação em seu endereço atual.

Isso também mostra que o indicador referente a reparo e instalação é de aproximadamente 7,00. Um aumento de 0,25 quando comparado ao ano anterior à aplicação da pesquisa.

Porém, a percepção de qualidade tem uma queda, em relação ao cumprimento do prazo acordado. Uma queda de 0,20 em comparação com o ano anterior. Parece pouco, mas ainda assim foi uma queda.

Com a instalação do serviço, a percepção de qualidade cai em aproximadamente 0,18 em relação a 2017. Um resultado de 7,65.

Porém, nem tudo é de fato ruim! Houve uma leve melhoria na média de cumprimento do prazo acordado. Ele foi de 6,67 para 6,98.

 


E para você? Qual é a melhor internet banda larga fixa do Brasil em sua opinião?

Compartilhe conosco a sua opinião, ela é super importante para nós e também para outros leitores, que chegarem aqui em busca de mais informações sobre internet banda larga fixa no Brasil!

Espero que tenha se informado melhor sobre a internet banda larga do Brasil.

Se tiver qualquer dúvida ou sugestão, deixe aqui nos comentários, que responderemos o mais breve possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *